Salomão, Kaiuca & Abrahão

Ministra Cármen Lúcia abre terceiro evento do ciclo de palestras do STF e CNJ
Supremo Tribunal Federal
 
 
18/06/2018

Na tarde de sexta-feira (15), a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, abriu o terceiro evento do projeto “Cidadão no Plural” – Palestras para compartilhar pensamentos e ideias para reflexão entre servidores do Conselho Nacional de Justiça e do STF. A terceira palestra, com o tema “Comunique-se! O outro vale a pena”, foi apresentada pelo publicitário baiano, Nizan Guanaes.

Na abertura do evento, a ministra Cármen Lúcia, referiu-se ao palestrante como um “cidadão que une criatividade, responsabilidade e compromisso consigo mesmo e com os outros”. “Trouxemos aqui um cidadão digno de um Brasil que até agora não se mostra uma mãe gentil para todos, mas que tem filhos muito gentis com ela, esse é o Nizan Guanaes, por exemplo”.

Com bom-humor, Nizan Guanaes trouxe situações do cotidiano e defendeu que a comunicação é uma conduta, feita com gestos e instrumentos com os quais se pode transmitir uma informação. “A comunicação precisa ser a tecla SAP da sociedade”, disse. Também lembrou os desafios de se comunicar na atualidade. “Vivemos em um novo mundo. As informações estão aí e são rapidamente encontradas no WhatssApp, no Twitter e temos que saber usar muito bem todos esses instrumentos”, frisou.

Além de comunicação, o palestrante também tratou da importância dos servidores da Casa. “É uma partida de futebol em alto nível! E não existe um Supremo sem todo esse suporte tão necessário. Tem aí um conjunto de mentes trabalhando. E eles são os servidores do Supremo e da nação”, afirmou Guanaes.

Por fim, a presidente Cármen Lúcia pontuou que realmente vivemos um momento difícil em todo o mundo. Mas, lembrou de um trecho do livro “Uma aprendizagem ou o livro dos Prazeres”, da escritora Clarice Lispector, que muito lhe marcou. “A grande missão na vida da gente tem que ser aprender a viver ‘apesar de. Apesar de, você deve comer. Apesar de, você deve amar outra vez. Apesar de, você tem de viver, porque apesar de, você um dia vai ter que morrer”. A ministra disse acreditar na capacidade de melhora do Brasil. “Basta saber que nós temos servidores como esses, e brasileiros como Nizan Guanaes”, concluiu.

KK/JR
 

URL: http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=381682

 
« Voltar
 
Salomão, Kaiuca & Abrahão - Sociedade de Advogados
Rua São José, 70 - 4º andar - Centro - Rio de Janeiro / RJ
+ 55 21 3212-6400
contato@skaadv.com.br
Termos de uso
Política de Privacidade
Webmail