Salomão, Kaiuca & Abrahão

Fiocruz e Andef admitidas como amici curiae em ADI contra Lei de Patentes
Supremo Tribunal Federal
 
 
06/11/2013

A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), admitiu como amici curiae na Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 4234 a Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ) e a Associação Nacional de Defesa Vegetal (ANDEF). Em despacho, a ministra reconheceu a representatividade das entidades e a relevância da matéria.

A ADI 4234 foi ajuizada pela Procuradoria Geral da República (PGR), que aponta inconstitucionalidades nos artigos 230 e 231 da Lei 9.279/1996, a Lei de Patentes brasileira. Os dispositivos legais questionados pela PGR tratam das chamadas patentes pipeline, mecanismos de transição com o objetivo de conceder patente a produtos que não eram patenteáveis antes da Lei 9.279/1996 e que já estavam no domínio público brasileiro.

Segundo a PGR, a lei possibilita a revalidação de patente estrangeira no Brasil sem que haja o requisito da novidade. A Procuradoria sustenta, ainda, que essas patentes não constam do acordo TRIPS – sigla em inglês para Acordo sobre Aspectos dos Direitos de Propriedade Intelectual Relacionados ao Comércio – da Organização Mundial do Comércio, e sua inclusão na lei viola dispositivos constitucionais.

PR/AD

Leia mais:
06/05/2009 - Ação contra patente “pipeline” será levada para julgamento em definitivo pelo Plenário do STF
 

URL: http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=252715

 
« Voltar
 
Salomão, Kaiuca & Abrahão - Sociedade de Advogados
Rua São José, 70 - 4º andar - Centro - Rio de Janeiro / RJ
+ 55 21 3212-6400
contato@skaadv.com.br
Termos de uso
Política de Privacidade
Webmail