Salomão, Kaiuca & Abrahão

Julgamentos do STF podem ser vistos no YouTube
Supremo Tribunal Federal
 
 
09/08/2012

A página do Supremo Tribunal Federal (STF) no YouTube permite que todos os interessados possam assistir, na íntegra, aos julgamentos que ocorrem no Plenário da Corte. No dia seguinte à sessão plenária, já é possível rever no canal do YouTube cada decisão, incluindo os votos dos ministros e sustentações orais feitas por advogados na tribuna.

Para facilitar a visualização, os vídeos são postados em blocos. Dessa forma, o internauta pode ver os capítulos em sequência ou acessar apenas a parte na qual tem interesse, como o voto de determinado ministro ou a proclamação do resultado.

Para assistir às sessões, basta acessar a página do STF no YouTube e escolher, na home do canal, a lista de reprodução de interesse: “Vídeos enviados”, “Ação Penal 470”, “Plenárias”, entre outras. Se o interessado quiser localizar um julgamento específico, é possível fazer a busca pelo número do processo julgado, pela data do julgamento ou por meio de uma palavra-chave.

Com mais de 15 milhões de acessos, a página do STF no YouTube também tem outros programas como, por exemplo, o Repórter Justiça, o Refrão, o Meio Ambiente por Inteiro, e o Artigo 5º, dentre outros. Esses programas, produzidos e transmitidos pela TV Justiça, foram abrigados no canal até o ano de 2010. Após esse período, cada programa passou a ter seu próprio canal no YouTube. Ao todo, há aproximadamente 4 mil vídeos disponíveis para os usuários.  

Rotineiramente, os ministros reúnem-se para as decisões colegiadas em Plenário sempre às quartas e quintas-feiras. No momento, o STF realiza também sessões extraordinárias em outros dias da semana para julgamento da Ação Penal 470.

Mais acessados

Desde o lançamento do canal do STF no YouTube, em 2005, o vídeo de julgamento mais acessado pelos usuários foi da decisão que tratou do reajuste de servidores civis e militares de baixa patente, ocorrido em 2010. O vídeo teve 13.636 visualizações até o momento. Em segundo lugar aparece o vídeo do julgamento que analisou a extradição do italiano Cesare Battisti, em 2009, com 10.994 visualizações. Em terceiro lugar dos vídeos de julgamento mais vistos está a decisão que considerou constitucional o exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), em 2011, com 7.276 visualizações.

Dentre os vídeos relativos à Ação Penal 470, cujo julgamento começou no dia 2 de agosto, o mais acessado foi o primeiro bloco da sessão de abertura do julgamento, com 4.745 visualizações até o momento.

Além do Brasil, o canal também é muito visitado por internautas de Portugal, EUA, Angola, Espanha, Itália, França, Alemanha e Japão.

Acesse aqui o canal do STF no YouTube: www.youtube.com/stf.

URL: http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=214480

 
« Voltar
 
Salomão, Kaiuca & Abrahão - Sociedade de Advogados
Rua São José, 70 - 4º andar - Centro - Rio de Janeiro / RJ
+ 55 21 3212-6400
contato@skaadv.com.br
Termos de uso
Política de Privacidade
Webmail