Salomão, Kaiuca & Abrahão

Acusado de matar ex-sócio no RS tem habeas corpus extinto
Supremo Tribunal Federal
 
 
05/02/2014

Por maioria de votos, a Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) declarou extinto, sem julgamento do mérito, o Habeas Corpus (HC) 119386, impetrado pela defesa do empresário G.V.R., preso preventivamente sob a acusação de homicídio duplamente qualificado. O recurso questionava decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que arquivou HC impetrado pela defesa do acusado naquela Corte.

De acordo com os autos, o comerciante teria planejado e encomendado a morte de Djalmo Lírio Bohn, seu ex-sócio no Rio Grande do Sul, tendo supostamente fornecido a arma de fogo e detalhes da rotina da vítima para o executor do crime. A defesa alegou falta de fundamentação apta para justificar a prisão preventiva e argumentou que o STJ, ao não conhecer do HC, trouxe novos argumentos para efetuar a análise do contexto probatório.

O relator, ministro Dias Toffoli, destacou que o HC foi impetrado como substitutivo de recurso ordinário, mas não foi possível verificar no processo ilegalidade flagrante, abuso de poder ou constrangimento ilegal que justificasse o deferimento de ofício do pedido. O ministro frisou que em todo o processo há elementos que demonstram a gravidade do crime e justificam a prisão preventiva do comerciante.

Ressaltou, ainda, que, segundo os autos o assassinato ocorreu à luz do dia e de maneira brutal. “Tenho como correta a decisão do STJ. Não vejo como superar aquela decisão para uma concessão de ofício”, concluiu o relator.

PR/VP

24/11/2013 - Negada liminar a acusado de matar ex-sócio no RS
 

URL: http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=259435

 
« Voltar
 
Salomão, Kaiuca & Abrahão - Sociedade de Advogados
Rua São José, 70 - 4º andar - Centro - Rio de Janeiro / RJ
+ 55 21 3212-6400
contato@skaadv.com.br
Termos de uso
Política de Privacidade
Webmail