Salomão, Kaiuca & Abrahão

TV Justiça estreia série de documentários sobre decisões inovadoras
Supremo Tribunal Federal
 
 
04/08/2012

A TV Justiça inova. Em comemoração aos seus 10 anos, a partir deste domingo (5), a emissora exibe o documentário Justiça Seja Feita. Baseado exclusivamente em depoimentos, o primeiro episódio da série (”As novas famílias brasileiras”) privilegia o testemunho de famílias homoafeitvas. Elas falam sobre seu dia a dia e a importância das sentenças judiciais em favor dos direitos dos homossexuais. Em destaque, as decisões de primeira instância que abriram caminho para que o Supremo Tribunal Federal reconhecesse a união entre pessoas do mesmo sexo como entidade familiar, em outubro de 2011.

A história de Luiz André e José Sérgio abre o documentário. Eles representam a primeira união gay ocorrida no Brasil e atestada por certidão. Em seguida, a trajetória de vida de Janaína e Iara, que conseguiram figurar como mães na certidão de nascimento da pequena Kaylla, hoje com três anos. Por fim, a família de Wilson e Mailton, um casal pernambucano, pais de Maria Teresa que protagonizam o primeiro caso de dupla paternidade no Brasil.

Além de famílias homoafetivas, participam do documentário juízes, promotores e oficiais de cartórios que fizeram parte da conquista desses direitos. Sentenças sensíveis e inovadoras, que priorizam a dignidade e o bem-estar de quem, na diferença, torna-se igual por determinação da Justiça.

Uma segunda série de documentários: Justiça seja Feita – Iniciativas, estreia em breve, abordando iniciativas positivas do Poder Judiciário.

O primeiro documentário Justiça Seja Feita – “As novas Famílias”, vai ao ar neste domingo, às 21h30. Horários alternativos: segunda, 22h30; terça, 18h; quinta-feira, 10h30.

URL: http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=213986

 
« Voltar
 
Salomão, Kaiuca & Abrahão - Sociedade de Advogados
Rua São José, 70 - 4º andar - Centro - Rio de Janeiro / RJ
+ 55 21 3212-6400
contato@skaadv.com.br
Termos de uso
Política de Privacidade
Webmail