Salomão, Kaiuca & Abrahão

Direto do Plenário: STF nega recurso de Romeu Queiroz contra decisão na AP 470
Supremo Tribunal Federal
 
 
16/08/2013

O Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) voltou a analisar, na tarde desta quinta-feira (15), os embargos de declaração na Ação Penal (AP) 470. O primeiro recurso julgado foi de Romeu Queiroz, condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. A Corte não acolheu o recurso.

A defesa do ex-parlamentar disse, no recurso, que no julgamento da ação penal o Tribunal não teria analisado tese apresentada pelos advogados. Para o ministro Joaquim Barbosa, relator do caso e presidente do STF, o Plenário analisou os argumentos apresentados pela defesa de Romeu Queiroz, ao contrário do que afirmam os embargos. "O que o embargante busca é o reexame das provas, o que é inadmissível", concluiu o ministro.

Os ministros também não viram a alegada omissão na dosimetria das penas aplicadas a Romeu Queiroz. O argumento da defesa no sentido de que haveria contradições nos votos do ministro-revisor, Ricardo Lewandowski, e da ministra Rosa Weber também não foi acolhido pelo Plenário. Quanto à alegação de desproporcionalidade da pena de multa, em comparação à multa aplicada a outros corréus, o relator explicou que a pena de multa aplicada a Romeu Queiroz está devidamente individualizada e fundamentada.

O julgamento prossegue com o julgamento de embargos apresentados pelo réu Roberto Jefferson.

Em instantes mais detalhes.

URL: http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=245753

 
« Voltar
 
Salomão, Kaiuca & Abrahão - Sociedade de Advogados
Rua São José, 70 - 4º andar - Centro - Rio de Janeiro / RJ
+ 55 21 3212-6400
contato@skaadv.com.br
Termos de uso
Política de Privacidade
Webmail